Lei permite trocar lâmpadas halógenas por LED

lâmpada de LED Philips

Substituição é permitida, mas há regras a serem obedecidas e nem todos os carros são compatíveis com a mudança

 

Muitos motoristas desejam trocar as lâmpadas halógenas originais do automóvel por outras LED. Mas será que isso é permitido? A alteração é legalizada pela resolução 227 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), mas há regras.

No caso das lâmpadas de farol, por exemplo, seja alto, baixo ou neblina, é necessário alterar também o documento do veículo, indicando a mudança no tipo de iluminação usada. Esse processo deve ser feito junto ao Detran em que o veículo está registrado, que irá verificar se a lâmpada obedece aos critérios necessários e não ofusca a visão dos outros motoristas.

Por outro lado, se a mudança for na iluminação interna, não será necessário mudar a documentação do veículo. Caso o motorista seja flagrado com equipamento diferente do original, sem a indicação no documento, a infração é grave, sujeita a multa de R$ 195,23 e cinco pontos na CNH.

Cuidados com a instalação

A Philips alerta que a troca das lâmpadas deve ser feita por um profissional qualificado, sendo necessário, por exemplo, checar a regulagem dos faróis para alinhar de forma correta a emissão de luz de acordo com o que é previsto na lei.

Além disso, embora normalmente o uso de LED não cause interferência no computador de bordo, é preciso ficar atento pois o sistema pode entender erroneamente que o baixo consumo dessas lâmpadas indique que elas estão queimadas.  A empresa explica, porém, que se isso ocorrer é possível instalar um produto chamado Canceller, que corrige o erro.

Todo carro pode usar lâmpadas de LED?

Na verdade, não. Existem restrições eletrônicas e de encaixe, o que pode restringir a compatibilidade das lâmpadas. Por isso, antes de fazer a troca, é fundamental verificar se o tipo de LED é o mesmo da lâmpada original do veículo. Outro ponto importante é nunca utilizar uma lâmpada projetada para neblina no farol alto ou baixo, e vice-versa.

Em seu portfólio, a Philips oferece lâmpada de farol, que serve para alto ou baixo, compatível com os modelos H1, H4, H7, HB3 e HB4 das halógenas convencionais. Já a de neblina substitui as H8, H11 e H16. Para o interior, há opções para luz de teto, porta-luvas, pisca frontal e traseiro, luz de ré, lanterna frontal e traseira, freio, farol de neblina traseiro e luz de placa.

Lei permite trocar lâmpadas halógenas por LED Publicado primeiro em http://omecanico.com.br/feed/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s